Astronomia

Quais são algumas características escuras (ou qualidades) da lua?

Quais são algumas características escuras (ou qualidades) da lua?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Eu sei que existem égua, oceani, e lacunas, mas mais alguma coisa que estou esquecendo das listas de recursos lunares?

O lado "escuro" / distante tem um nome científico específico, talvez latino (embora seja iluminado tanto quanto o lado próximo, é claro), ou a área não iluminada além de "noite"?

(Estou tentando nomear uma gatinha que nasceu em 19 de julho durante o 50º aniversário da Apollo XI. Todas as meninas, a única branca com extremidades pretas macias é Luna, a outra toda preta, mas o pó branco mais simples em torno de seu pescoço é Mare, então há o gêmeo essencialmente idêntico de Mare, que precisa do nome.)


não tenho certeza sobre o lado escuro, mas existem inúmeras outras características lunares:

Recursos lunares da Wikipedia

Talvez Catena (uma cadeia de crateras) ou Rima (canais lunares)?


Algumas partes do Pólo Sul Lunar nunca recebem luz do sol: https://en.wikipedia.org/wiki/Lunar_south_pole#Craters


O plural é mare é maria, então Maria pode ser um bom nome para gatinho / gato, principalmente porque o não identificado é gêmeo.

Além disso, a olivina é um mineral comum na lua, assim como na terra. A olivina é geralmente um mineral verde mais escuro, daí o seu nome. Disto pode-se derivar Olive ou Olivia.

Outros nomes a serem considerados:

  • Quacey - escocês para luar
  • Lucine - nome da Armênia que significa "lua", abrevie para Lucy
  • Kamaria - suaíli para "beleza da lua"
  • Selene ou Selena - nomes gregos e latinos para a lua
  • Mona - Inglês para a lua
  • Luna Negre - negre é catalão para preto, então o nome seria Lua Negra
  • Eclipse - a lua escurece durante um eclipse
  • Penumbra - a escuridão parcial durante um eclipse.

Maria lunar (singular égua) são regiões grandes e escuras da Lua. Eles não contêm água, mas acredita-se que tenham sido formados a partir da rocha derretida do manto lunar que sai da superfície lunar. Esta lista também inclui aquele oceanus e os recursos conhecidos pelos nomes lacus, Palus e seio. O moderno sistema de nomenclatura lunar foi introduzido em 1651 por Riccioli. [1] O mapa da Lua de Riccioli foi desenhado por Francesco Maria Grimaldi, que tem uma cratera com o seu nome. [2]

Maria e Oceanus Editar

Maria lunar
Nome latino Nome inglês Lat. Longo. Diâmetro
Mare Anguis Mar da Serpente 22,6 ° N 67,7 ° E 150 km
Mare Australe Mar do sul 38,9 ° S 93,0 ° E 603 km
Mare Cognitum Mar que se tornou conhecido 10,0 ° S 23,1 ° W 376 km
Mare Crisium Mar das Crises 17,0 ° N 59,1 ° E 555 km
Mare Fecunditatis Mar da Fecundidade 7,8 ° S 51,3 ° E 909 km
Mare Frigoris Mar de frio 56,0 ° N 1,4 ° E 1596 km
Mare Humboldtianum Mar de Alexandre von Humboldt 56,8 ° N 81,5 ° E 273 km
Mare Humorum Mar de umidade 24,4 ° S 38,6 ° W 389 km
Mare Imbrium [3] Mar de Chuva 32,8 ° N 15,6 ° W 1123 km
Mare Ingenii Mar de Inteligência 33,7 ° S 163,5 ° E 318 km
Mare Insularum Mar das ilhas 7,5 ° N 30,9 ° W 513 km
Mare Marginis Sea of ​​the Edge 13,3 ° N 86,1 ° E 420 km
Mare Moscoviense Mar da Moscóvia 27,3 ° N 147,9 ° E 277 km
Mare Nectaris Mar de Néctar 15,2 ° S 35,5 ° E 333 km
Mare Nubium Mar de nuvens 21,3 ° S 16,6 ° W 715 km
Mare Orientale Mar oriental 19,4 ° S 92,8 ° W 327 km
Mare Serenitatis Mar de serenidade 28,0 ° N 17,5 ° E 707 km
Mare Smythii Mar de William Henry Smyth 1,3 ° N 87,5 ° E 373 km
Mare Spumans Espuma do mar 1,1 ° N 65,1 ° E 139 km
Mare Tranquillitatis Mar de Tranquilidade 8,5 ° N 31,4 ° E 873 km
Mare Undarum Mar de ondas 6,8 ° N 68,4 ° E 243 km
Mare Vaporum Mar de Vapores 13,3 ° N 3,6 ° E 245 km
Oceanus Procellarum Oceano de Tempestades 18,4 ° N 57,4 ° W 2568 km

Há também uma região no lado lunar que foi brevemente identificada erroneamente como uma égua e nomeada Mare Desiderii (Mar dos Sonhos). Não é mais reconhecido. Outras ex-maria incluem:

Lacus Editar

Um conjunto relacionado de recursos é o Lunar lacus (singular lacus, Latim para "lago"), que são planícies basálticas menores de origem semelhante:

Lacus Lunar
Nome latino Nome inglês Lat. Longo. Diâmetro
Lacus Aestatis Lago de verão 15,0 ° S 69,0 ° W 90 km
Lacus Autumni Lago do Outono 9,9 ° S 83,9 ° W 183 km
Lacus Bonitatis Lago da bondade 23,2 ° N 43,7 ° E 92 km
Lacus Doloris Lago da Tristeza 17,1 ° N 9,0 ° E 110 km
Lacus Excellentiae Lago de Excelência 35,4 ° S 44,0 ° W 184 km
Lacus Felicitatis Lago da felicidade 19,0 ° N 5.0 ° E 90 km
Lacus Gaudii Lago da alegria 16,2 ° N 12,6 ° E 113 km
Lacus Hiemalis Lago de Inverno 15,0 ° N 14,0 ° E 50 km
Lacus Lenitatis Lago da Suavidade 14,0 ° N 12,0 ° E 80 km
Lacus Luxuriae Lago de Luxo 19,0 ° N 176,0 ° E 50 km
Lacus Mortis Lago da morte 45,0 ° N 27,2 ° E 151 km
Lacus Oblivionis Lago do Esquecimento 21,0 ° S 168,0 ° W 50 km
Lacus Odii Lago do Ódio 19,0 ° N 7,0 ° E 70 km
Lacus Perseverantiae Lago da Perseverança 8,0 ° N 62,0 ° E 70 km
Lacus Solitudinis Lago da Solidão 27,8 ° S 104,3 ° E 139 km
Lacus Somniorum Lago dos sonhos 38,0 ° N 29,2 ° E 384 km
Lacus Spei Lago da esperança 43,0 ° N 65,0 ° E 80 km
Lacus Temporis Lago do Tempo 45,9 ° N 58,4 ° E 117 km
Lacus Timoris Lago do medo 38,8 ° S 27,3 ° W 117 km
Lacus Veris Lago da Primavera 16,5 ° S 86,1 ° W 396 km

Seio e Paludes Editar

Um conjunto relacionado de recursos são os seio (singular seio, Latim para "baía") e paludes (singular Palus, Latim para "pântano"):

Sinus Lunar e Paludes
Nome latino Nome inglês Lat. Longo. Diâmetro
Palus Epidemiarum Pântano das Epidemias 32,0 ° S 28,2 ° W 286 km
Palus Putredinis Pântano da Decadência 26,5 ° N 0,4 ° E 161 km
Palus Somni Pântano do Sono 14,1 ° N 45,0 ° E 143 km
Sinus Aestuum Baía Fervendo 10,9 ° N 8,8 ° W 290 km
Sinus Amoris Baía do amor 18,1 ° N 39,1 ° E 130 km
Sinus Asperitatis Baía da Rugosidade 3,8 ° S 27,4 ° E 206 km
Sinus Concordiae Baía da Harmonia 10,8 ° N 43,2 ° E 142 km
Sinus Fidei Bay of Trust 18,0 ° N 2,0 ° E 70 km
Sinus Honoris Baía de honra 11,7 ° N 18,1 ° E 109 km
Sinus Iridum Baía do Arco-íris 44,1 ° N 31,5 ° W 236 km
Sinus Lunicus Lunik Bay 31,8 ° N 1,4 ° W 126 km
Sinus Medii Baía do centro 2,4 ° N 1,7 ° E 335 km
Sinus Roris Baía de Orvalho 54,0 ° N 56,6 ° W 202 km
Sinus Successus Baía do Sucesso 0,9 ° N 59,0 ° E 132 km

Algumas fontes também listam um Palus Nebularum ("Marsh of Mists") em 38,0 ° N, 1,0 ° E, mas a designação para este recurso não foi oficialmente reconhecida pela IAU.

A grande maioria dessas feições são crateras de impacto. A nomenclatura da cratera é regida pela União Astronômica Internacional, e esta lista inclui apenas características que são oficialmente reconhecidas por aquela sociedade científica.

As crateras lunares estão listadas nas subseções a seguir. Onde uma formação tem crateras satélite associadas (crateras associadas menores), elas são detalhadas nas páginas principais de descrição da cratera.

Lista de crateras na Lua
UMA · B · C · D · E · F · G · H · eu · J · K · eu · M · N · O · P · Q · R · S · T · você · V · C · X · Y · Z

Catenae Editar

UMA Catena é uma cadeia de crateras.

Vários grandes vales lunares receberam nomes. A maioria deles tem o nome de uma cratera próxima, consulte a lista de crateras na Lua para obter mais informações.

As alturas das montanhas ou maciços isolados listados aqui não são relatadas de forma consistente nas fontes. Na década de 1960, o Serviço de Mapeamento do Exército dos EUA usava a elevação em relação a 1.737.988 metros do centro da lua. Na década de 1970, a US Defense Mapping Agency usava 1.730.000 metros. O Clementine os dados topográficos publicados na década de 1990 usam 1.737.400 metros.

Esta lista não é abrangente e não relaciona os lugares mais altos da lua. Clementine os dados mostram um alcance de cerca de 18.100 metros do ponto mais baixo ao mais alto da lua. O ponto mais alto, localizado do outro lado da Lua, é aproximadamente 6.500 metros mais alto do que Mons Huygens (geralmente listado como a montanha mais alta).

As montanhas são referenciadas usando a palavra latina Mons (plural montes).

A superfície da Lua exibe muitas outras características geológicas. Além de montanhas, vales e crateras de impacto, as seguintes características da superfície receberam nomes na nomenclatura lunar, muitos deles com o nome de uma cratera ou montanha próxima.

O diâmetro listado para esses recursos é a dimensão mais longa que contém toda a formação geológica. As latitudes e longitudes estão em coordenadas selenográficas.

Albedo Editar

Esses recursos têm um alto albedo em comparação com o terreno circundante.

Do outro lado da Lua, existem feições de albedo sem nome no Mare Ingenii e no Mare Marginis. Estes estão localizados antípodais às bacias de impacto do Mare Imbrium e do Mare Orientale.

Dorsa Editar

UMA dorso (plural dorsa, significando de volta ou crista) é um sistema de crista enrugada comumente encontrado em maria lunar.

Promontoria Editar

Essas características formam uma capa ou promontório em uma égua.

Rimae Editar

Rimae (singular rima) são canais lunares.

Rupes Editar

Estas são escarpas na superfície.

Terrae Editar

As áreas continentais entre os mares receberam nomes comparáveis ​​por Giovanni Battista Riccioli, [8] mas eram opostos aos nomes usados ​​para os mares. Assim, havia terras de esterilidade (Terra Sterilitatis), calor (Terra Caloris) e vivacidade (Terra Vitae). No entanto, esses nomes para as regiões montanhosas não são mais usados ​​em mapas recentes, e Terrae não são oficialmente reconhecidos como nomenclatura lunar padrão pela União Astronômica Internacional. [9]

Nome Origem do nome Perto da posição lateral
Insula Ventorum Ilha dos Ventos
Península Fulminum Península do Trovão Entre Mare Humorum e Oceanus Procellarum. [10]
Terra Caloris Terra do Calor Borda sudoeste do lado próximo. [10]
Terra Fertilitatis Terra da Fertilidade Borda sudeste do lado próximo. [10]
Terrae Grandinis Terras de granizo Fronteira nordeste do Mare Imbrium. [10]
Terrae Manna Terras de Maná Região entre Mare Tranquillitatis, Mare Fecunditatis e Mare Nectaris. [10]
Terra Nivium Terra das neves Fronteira sudeste do Mare Imbrium. [10]
Terra Pruinae Land of Frost Fronteira noroeste do Mare Imbrium. [10]
Terra Sanitatis Terra da salubridade Região central entre Mare Nubium e Mare Tranquillitatis. [10]
Terra Siccitatis Terra de Aridez Borda noroeste do lado próximo. [10]
Terra Sterilitatis Terra da Esterilidade
Terra Vigoris Terra da alegria Região sudeste de Mare Crisium. [10]
Terra Vitae Terra da vivacidade Borda nordeste do lado próximo. [10]

  1. ^ Moore, Patrick (1983). O livro Guinness de fatos e feitos de astronomia. Enfield, Middlesex: Guinness Superlatives Ltd. p. 25. ISBN0-85112-258-2.
  2. ^
  3. "Science Source - Riccioli's Moon map, 1651". www.sciencesource.com . Página visitada em 2017-12-20.
  4. ^
  5. “Moon Mare / Maria”. Gazetteer of Planetary Nomenclature. USGS Astrogeology. Página visitada em 2010-08-20.
  6. ^ umab
  7. "Astronomica Langrenus" (em italiano). Arquivado do original em 12/10/2006. Página visitada em 2006-12-05.
  8. ^ Anteriormente chamado de Mons Euler.
  9. ^ Agora Matapan ou Tainaron
  10. ^ Tradicionalmente chamada de "Parede Reta".
  11. ^
  12. Wood, Chuck (18 de abril de 2006). "Restaurando nomes brilhantes". LPOD foto lunar do dia . Página visitada em 2006-12-02.
  13. ^
  14. Blue, Jennifer (16 de outubro de 2006). "Categorias para nomear recursos em planetas e satélites". USGS. Página visitada em 2007-05-04.
  15. ^ umabcdefgheujk
  16. Wood, Chuck (13/07/2006). "Restaurando nomes brilhantes". LPOD. Página visitada em 2007-07-05.

Eles foram usados ​​para referências na seção Recursos Hídricos.

  • Andersson, L. E. Whitaker, E. A. (1982). Catálogo de Nomenclatura Lunar da NASA (PDF). NASA RP-1097. Arquivado do original em 06/10/2014. CS1 maint: bot: status do URL original desconhecido (link), sem ISBN. e Paul Spudis, O Atlas Clementino da Lua, Cambridge University Press, 2004, 0-521-81528-2. , Atlas da Lua, Kalmbach Books, 1990, 0-913135-17-8.
  • Ewen A. Whitaker, Mapeando e Nomeando a Lua, Cambridge University Press, 1999, 0-521-62248-4.

As seguintes fontes foram usadas como referências nas páginas individuais das crateras.


1. Um grande prato branco

Uma das primeiras coisas com que você pode ser capaz de relacionar a lua é um prato de jantar. Em uma noite de lua cheia, parece um prato brilhante que você pode pegar do céu, lavar, colocar no prato e comer a comida imediatamente.

2. O quadro de avisos do mundo

Pode ter um custo proibitivo agora, mas você poderia imaginar a lua com um logotipo da Pepsi ou da Coca estampado nela? Embora não possa ocorrer literalmente, podemos transformar isso em uma metáfora. Podemos dizer que a lua é um outdoor para nossa humanidade comum - o que pode significar que todos nós olhamos para cima e vemos a mesma lua, o que é uma prova de que compartilhamos o mesmo planeta.

3. Uma pérola no mar negro

Há uma série de metáforas da lua em potencial que envolvem o fato de que a lua é um único objeto grande no céu. Claro, há estrelas no céu, mas nada que se compare ao tamanho e grandeza da lua. Então, podemos pensar em maneiras de falar sobre o quão solitário ele é - como dizer que é "uma pérola solitária no mar negro". Parece um pouco com uma pérola, e a escuridão por trás pode ser metaforicamente construída como um oceano.

4. Uma figura solitária em busca de amigos

Outra forma de se referir ao fato de que a lua é uma figura solitária no céu é personificá-la - onde a personificação é um tipo de metáfora que dá a um objeto qualidades humanas. Aqui está um exemplo: A lua está se sentindo solitária. Ou você pode enfeitar ainda mais, com o ditado: a lua é uma figura solitária em busca de amigos no céu.

5. Um barco flutuando no oceano

A terceira metáfora sobre a solidão da lua em meio a um pano de fundo de escuridão é a ideia de que ela está "flutuando". Parece não haver efeito da gravidade fazendo-o cair ao solo (embora a gravidade o mantenha próximo à terra). Portanto, podemos dizer que ela flutua - o que relaciona a capacidade da lua de aparentemente se pendurar no céu com a capacidade dos barcos de flutuar no oceano.

Para continuar com isso, podemos até dizer que é um barco flutuando em um oceano negro metafórico. E se as estrelas atrás forem particularmente brilhantes, poderíamos dizer que é um barco flutuando em um oceano luminescente, talvez.

6. Uma moeda jogada no céu

A redondeza da lua pode novamente ser empregada nesta situação em que falamos sobre a lua como uma moeda - que obviamente também é circular. Mas aqui, há mais que pode ser feito. Podemos falar sobre isso como uma moeda? Você poderia imaginar alguém jogando uma moeda e ela ficou gravada no ar, tornando-se a lua como a conhecemos hoje.

7. Uma bola de cristal

O que eu gosto na metáfora da lua como uma bola de cristal é que ela é mágica para qualquer mística. Talvez seja a bola de cristal de Deus, ou mesmo a nossa - se olharmos por muito tempo para a lua, ela pode revelar algo sobre nós ou até mesmo sobre o nosso futuro?

8. Um olho zelando por todos nós

A ideia da lua como um olho nos lembra a sensação de que ela está olhando para nós. Praticamente qualquer pessoa no mundo pode olhar para cima à noite e ver a lua. Portanto, parece que é um objeto onipresente, olhando para todos nós como o Big Brother em 1984. Esta metáfora também personifica a lua, dando-lhe qualidades humanas (ou até divinas).

9. A lua pisca

Para continuar a ideia da lua ser um olho, você pode até dizer que ela pisca para você. Considere em uma história um personagem que acabou de fazer algo que ninguém viu. Você pode dizer que eles foram bem-sucedidos em sua missão, e a lua deu uma piscadela de conhecimento. Aqui, a implicação é que a lua é a única coisa que sabe o que aconteceu.

10. Uma lamparina pendurada no pátio

Imagine sentar-se em um pátio durante a lua cheia e iluminar tanto o pátio que projeta sombras. Nessa situação, você pode chamar a lua de lamparina, guiando o caminho e fornecendo luz suficiente para se esgueirar pela noite sem machucar um dedo do pé!

Para ver este vídeo, habilite o JavaScript e considere a possibilidade de atualizar para um navegador que suporte vídeo HTML5


Quais são algumas características escuras (ou qualidades) da lua? - Astronomia

A Lua tem uma órbita elíptica ao redor da Terra e, como consequência, às vezes vemos um pouco da parte de trás da Lua. Como conhecemos a face da Lua, parece que a Lua acena com a cabeça 'sim' e 'não' para a Terra.

A trajetória da Lua é muito complicada. Ele segue a trajetória do Sol, apenas seis meses depois, a Lua cheia no inverno chega tão alto quanto o Sol no verão. A Lua leva 18,6 anos para cumprir uma órbita completa (de volta à sua posição original).

A superfície da Lua consiste em material poroso não condutor. É fluorescente e adiciona sua própria luz fraca à luz do Sol quando ela reflete. Quase não existe carbono e muito menos ferro do que na Terra. Existem terremotos lunares bem abaixo da superfície, causados ​​pelas diferenças de distância em relação à Terra.

O espectro da lua é o mesmo do sol.

Qualidades da Lua - psicologicamente

As qualidades de Moon são frequentemente difíceis de encontrar em si mesmo porque muitos trabalham de forma subconsciente. Os dois lados da Lua são reflexos e factuais. Para começar com o lado do reflexo: como o planeta Lua reflete os raios do Sol para a Terra, as pessoas com qualidades lunares refletem o humor dos outros. Eles geralmente não fazem isso conscientemente, mas acontece. Se alguém conta uma piada, eles esperam um momento para ver se o resto do grupo vai rir e então a risada de Moon vai durar um pouco mais do que a risada do grupo. Moon frequentemente começa uma conversa com: 'Você se lembra de quando nós. 'e então contar a história de forma objetiva, secamente. Mas se você ouvir bem, poderá ver como você olhou para os outros na história. Desta forma, Moon pode ser uma professora e até mesmo se tornar uma grande professora se ela conseguir usar isso conscientemente para o bem. A prata é o metal da Lua e é usada para revestir espelhos e na fotografia. Moon segura um espelho para você. Quanto a si mesma, Moon quer ser como os outros. Ela pode ser amigável com todos, embora possa irritar alguns dos outros planetas por não ter consciência de seus próprios sentimentos ou não ser capaz de expressar seus próprios pensamentos.

O pensamento de Moon não é muito consciente, é mais intuitivo. Então Moon não é boa em pensar em planos, mas ela é muito boa em colocar fatos cronologicamente e reproduzi-los. Datas e lugares, fatos e números são seu terreno.

Ao sentir, a Lua é igualmente subconsciente. Se você perguntar a Moon como foi a festa, ela responderá dizendo a que horas ela chegou, quem estava lá, que comida e bebida estavam disponíveis, com quem ela falou e a que horas ela saiu. Ela pensa que, contando esses fatos, você preencherá as emoções por si mesmo. Se for feita uma pergunta específica como: 'Mas você se divertiu?', Ela responderá: 'Sim, claro. Fiquei 5 horas, não fiquei? ' Ela está meio surpresa por você não ter descoberto isso sozinho. Ela espera automaticamente que todos experimentem as mesmas emoções quando estão em uma determinada situação, portanto, descrever a situação é o suficiente.

Um lado da Lua normalmente apenas flutua ao longo da vida. Ela não toma as coisas em suas próprias mãos, isso a faria se sentir desconfortável em fazê-lo. Por outro lado, a Lua também pode ser muito sistemática e organizar a vida de acordo. Não há espaço para eventos repentinos.

É difícil brigar com Moon, pois ela geralmente concorda com você. A única maneira é pressioná-la a revelar suas próprias emoções ou pensamentos. Ela então fica chateada e não consegue expressar sua turbulência, então começa a chorar ou recorre aos fatos. Não é muito gentil ou justo brigar com Moon, é como tirar doce de um bebê. Ela ficaria feliz em dar, mas ela simplesmente não entende o que você quer dela.

A sensação de tempo da Lua é a eternidade. Presente, futuro, passado - é tudo um. Tudo sempre foi e sempre será. Sem senso de urgência. Há um milhão de anos, as pessoas nasceram, viveram, amaram e morreram. É assim agora e daqui a um milhão de anos será o mesmo. Nada muda, exceto as circunstâncias externas, como tecnologia, arquitetura, etc. É por isso que é importante esclarecer os fatos. Mas as pessoas são iguais, ela pensa.

Moon não tem muita iniciativa. Se você lhe der um trabalho do seu agrado, como organizar arquivos ou fazer contabilidade, ela o fará muito conscienciosamente das 9 às 5, depois parará porque é hora de voltar para casa. Se ela não tiver um emprego, ela apenas se sentará e sonhará até que algo aconteça.

Os japoneses são um bom exemplo de nação com qualidades lunares. Sua tecnologia reflete o que o mundo deseja e a maneira como as pessoas trabalham nas fábricas pode ser vista como filhos sob a direção de um pai rigoroso. A língua japonesa não tem uma palavra para 'eu'. Tem apenas palavras de relacionamento: uma palavra para mim falando com meu chefe, outra palavra para mim falando com meu subordinado, etc. A Lua também é muito importante na vida japonesa. Eles têm palavras separadas não apenas para as quatro fases da Lua, mas para todos os estágios intermediários, como (traduzido) 'a lua que você espera para se levantar', 'a lua que você espera para se sentar'. Quando a lua cheia surge, todo o trabalho pára para olhar para ela e a tradição diz que a lua é um símbolo de pureza, então quando a lua surge tenta-se purificar a consciência. A cerejeira (árvore da Lua) também é muito importante na cultura japonesa. O arroz (o grão da Lua) é o principal alimento e cultivar arroz no Japão não é fácil devido ao clima e ao terreno. É preciso ser muito exato e econômico para cultivar arroz lá e essas características ainda podem ser encontradas em métodos de trabalho e tecnologia.

As partes do corpo regidas pela Lua são o cérebro e os órgãos reprodutivos. O cérebro funciona com razão e é lógico. Os órgãos reprodutivos possibilitam dar nova vida e impulsionar o subconsciente.

Tarefa de escolaridade para Moon: Se Moon conseguisse fazer com que sua qualidade de espelhamento fosse consciente, ela poderia mostrar às pessoas seus problemas de uma maneira amorosa, ela poderia ajudar os outros a se libertarem.

Exemplo: No exemplo do rompimento do dique e da inundação resultante, Moon irá e ajudará se seus amigos também forem (e a chamaram para vir junto). Caso contrário, não, pois ela não toma iniciativa.


4. Vales

Vales são outras características interessantes da lua. Os principais vales lunares têm o nome de crateras próximas. O maior vale, Snellius, tem 592 km de comprimento.

A maioria dos vales foi formada por erupções vulcânicas. O processo de solidificação irregular da lava que causou os vales da terra é o mesmo processo que se acredita ter causado os vales da lua. Mas estudos mostram que alguns vales podem ter se formado a partir do efeito erosivo da água (Lucey, Korotev, Randy L, Smith, David E, Zuber, Maria T, Neumann, Gregory A, Lemoine, Frank A, Jason Major).


Quais são algumas características escuras (ou qualidades) da lua? - Astronomia

Confira nossos incríveis fatos sobre espaço e astronomia para crianças. Aprenda sobre diferentes objetos espaciais e desfrute de uma variedade de curiosidades interessantes.

Fatos sobre a lua para crianças

Confira esses fatos divertidos sobre a Lua para crianças. Saiba o quão grande é a Lua, quem foi a primeira pessoa a pisar nela, porque só vemos um lado dela e muito mais. Leia e aproveite a ampla gama de fatos interessantes sobre a Terra e a Lua.

A Lua é a Terra e o único satélite natural. Um satélite natural é um corpo espacial que orbita um planeta, um objeto semelhante a um planeta ou um asteróide.

É a quinta maior lua do Sistema Solar. Aprenda mais sobre as outras luas do Sistema Solar.

A distância média da Lua à Terra é 384403 quilômetros (238857 milhas).

A Lua orbita a Terra a cada 27,3 dias.

Mons Huygens é a montanha mais alta da Lua, tem 4700 metros de altura, pouco mais da metade da altura do Monte Everest (8848m).

A Lua gira em seu eixo em torno do mesmo tempo que leva para orbitar a Terra. Isso significa que, da Terra, vemos apenas cerca de 60% de sua superfície (50% de cada vez).

O lado que podemos ver da Terra é chamado de lado próximo, enquanto o outro lado é chamado de lado oposto (às vezes é chamado de lado escuro, apesar de ser iluminado pelo Sol tanto quanto o lado próximo).

O efeito da gravidade é apenas cerca de um quinto (17%) tão forte na superfície da Lua em comparação com a força da gravidade na superfície da Terra.

O programa União Soviética e rsquos Luna apresentou o primeiro pouso bem-sucedido de uma espaçonave não tripulada na superfície da Lua em 1966.

A missão USA & rsquos NASA Apollo 11 em 1969 foi o primeiro pouso tripulado na Lua.

A primeira pessoa a pisar na Lua foi Neil Armstrong.

O outro lado da Lua parece bem diferente devido à falta de maria (antigas piscinas de lava solidificada).

A superfície da Lua apresenta um grande número de crateras de impacto de cometas e asteróides que colidiram com a superfície ao longo do tempo. Como a Lua não tem atmosfera ou clima, essas crateras permanecem bem preservadas.

Embora as pesquisas continuem, a maioria dos cientistas concorda que a Lua possui pequenas quantidades de água.

A Lua é muito quente durante o dia, mas muito fria à noite. A temperatura média da superfície da Lua é de 107 graus Celsius durante o dia e -153 graus Celsius à noite.

As marés terrestres são causadas em grande parte pela atração gravitacional da lua.

As fases da Lua são: Lua Nova, Crescente, Primeiro Quarto, Lua Crescente, Lua Cheia, Lua Minguante, Quarto Minguante, Crescente, Lua Nova e Hellip.


Outros artigos de interesse neste site

Significado dos signos lunares astrológicos

Os signos lunares representam inclinações e vastos potenciais dentro de nós que muitas vezes são obscurecidos por um véu turvo da meia-noite em nossa consciência. Explore mais sobre os significados e signos da lua aqui.

Nomes de lua cheia de nativos americanos

Nomes de lua cheia de nativos americanos: considere o mês em que você nasceu e compare-o aos nomes de lua cheia de nativos americanos disponíveis aqui. Saiba mais sobre os significados dos signos lunares dos nativos americanos aqui.

Mais significado e simbolismo da lua

Este artigo trata do simbolismo da lua em termos de sua influência sobre nós na vida diária. Obtenha mais informações sobre os significados da lua aqui.


A Cassini descobre que a lua de Saturno tem qualidades de planeta

Dados da missão Cassini da NASA revelam que a lua de Saturno Phoebe tem mais qualidades planetárias do que se pensava.

Os cientistas viram Phoebe pela primeira vez quando a Cassini começou a explorar o sistema de Saturno em 2004. Usando dados de vários instrumentos de espaçonaves e um modelo de computador da química, geofísica e geologia da lua, os cientistas descobriram que Phoebe era uma chamada planetesimal, ou bloco de construção planetário remanescente. Os resultados aparecem na edição de abril da revista. Icaro.

"Ao contrário de corpos primitivos como cometas, Phoebe parece ter evoluído ativamente por um tempo antes de estagnar", disse Julie Castillo-Rogez, cientista planetária do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, Califórnia. condensou muito rapidamente. Portanto, eles representam blocos de construção de planetas. Eles fornecem aos cientistas pistas sobre como eram as condições na época do nascimento dos planetas e suas luas. "

Imagens da Cassini sugerem que Phoebe se originou no distante Cinturão de Kuiper, a região de corpos rochosos e gelados além da órbita de Netuno. Os dados mostram que Phoebe era esférica e quente no início de sua história e tem um material rico em rochas mais denso concentrado perto de seu centro. Sua densidade média é quase a mesma de Plutão, outro objeto no Cinturão de Kuiper. Phoebe provavelmente foi capturada pela gravidade de Saturno quando de alguma forma se aproximou do planeta gigante.

Saturno é cercado por uma nuvem de luas irregulares que circundam o planeta em órbitas inclinadas a partir da órbita de Saturno ao redor do Sol, o chamado plano equatorial. Febe é a maior dessas luas irregulares e também tem a distinção de orbitar para trás em relação às outras luas. As grandes luas de Saturno parecem ter se formado a partir de gás e poeira orbitando no plano equatorial do planeta. Atualmente, essas luas orbitam Saturno nesse mesmo plano.

"Combinando dados da Cassini com técnicas de modelagem anteriormente aplicadas a outros corpos do sistema solar, pudemos voltar no tempo e esclarecer por que ele é tão diferente do resto do sistema de Saturno", disse Jonathan Lunine, co-autor no estudo e um membro da equipe Cassini na Cornell University, Ithaca, NY

análises sugerem que Phoebe nasceu nos primeiros 3 milhões de anos após o nascimento do sistema solar, que ocorreu 4,5 bilhões de anos atrás. A lua pode ter sido originalmente porosa, mas parece ter entrado em colapso à medida que esquentava. Phoebe desenvolveu uma densidade 40% maior do que a média da lua interna de Saturno.

Há muito se pensa que objetos do tamanho de Phoebe têm a forma de corpos "em forma de batata" e assim permaneceram ao longo de suas vidas. Se tal objeto se formou cedo o suficiente na história do sistema solar, ele poderia ter abrigado os tipos de material radioativo que produziriam calor substancial em uma escala de tempo curta. Isso aqueceria o interior e remodelaria a lua.

"A partir da forma vista nas imagens da Cassini e da modelagem da provável história das crateras, pudemos ver que Phoebe começou com uma forma quase esférica, em vez de ser uma forma irregular posteriormente suavizada em uma esfera por impactos", disse o coautor Peter Thomas , um membro da equipe Cassini em Cornell.

Provavelmente Phoebe ficou aquecida por dezenas de milhões de anos antes de congelar. O estudo sugere que o calor também teria permitido que a lua hospedasse água líquida ao mesmo tempo. Isso poderia explicar a assinatura de material rico em água na superfície de Phoebe previamente detectado pela Cassini.

O novo estudo também é consistente com a ideia de que várias centenas de milhões de anos após o resfriamento de Phoebe, a lua derivou em direção ao sistema solar interno em um rearranjo de todo o sistema solar. Phoebe era grande o suficiente para sobreviver a essa turbulência.

Sabe-se que mais de 60 luas orbitam Saturno, variando drasticamente em forma, tamanho, idade da superfície e origem. Os cientistas que usam observatórios terrestres e câmeras da Cassini continuam em busca de outros.

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo da NASA, da Agência Espacial Europeia e da Agência Espacial Italiana. O JPL gerencia a missão do Diretório de Missões Científicas da agência em Washington. O Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena gerencia o JPL para a NASA.


Lilith pelas casas

Ao contrário de outros planetas, Lilith muda muito dependendo da casa em que ela está. Recomendo colocar o mesmo peso na placa e na casa. Às vezes pode até ser útil estudar a casa em que seu signo da astrologia Lilith está primeiro, então tempere essa descrição de acordo com o signo.

Lilith na 1ª casa:

Na 1ª casa, Lilith é bem aparente para todos os outros. É difícil para você esconder o que deseja, mesmo que sinta vergonha disso, e isso transparece em quase todas as áreas de sua vida.

Você pode se sentir insatisfeito de qualquer maneira, especialmente nas áreas do seu signo astrológico Lilith. Por exemplo, com Lilith em Touro, você está constantemente insatisfeito com sua casa, seus bens ou sua imagem.

Lilith na 1ª casa é extremamente pessoal. Ela pode começar a sentir que é uma parte crítica de quem você é, mesmo que haja alguns sentimentos negativos associados a essas qualidades. Você pode viver com uma sensação recorrente de vergonha que não consegue identificar.

Às vezes (nem sempre), Lilith na 1ª casa pode causar problemas corporais. Um grande exemplo de alguém com Lilith na 1ª casa é Marilyn Monroe, cuja Lilith em Leo também se sentou em sua 1ª casa. Ela sentia muita vergonha de si mesma, de sua personalidade, de sua aparência, etc., mas precisava ser afirmada por outras pessoas para apaziguar seu signo astrológico Lilith.

A 1ª casa é uma área que governa nossas reações, e não nosso intelecto ou lógica. Por esta razão, pode ser especialmente difícil trabalhar com Lilith na 1ª casa, porque ela é reacionária e subconsciente.

A ideia é sempre transmutar Lilith para sua forma mais elevada, em vez dos instintos básicos inferiores que nos causam dor. Com Lilith na 1ª casa, examine cada empurrão e ação que você realiza que são baseados em Lilith. Dig deeper and look for your root motivation rather than trying to appease yourself in the moment to get rid of the feelings of shame.

For example, someone with Lilith in Taurus might constantly buy things or try to live up to a certain image because they feel less-than without material items. This individual will want to examine their childhood and past lives to see where this idea came from and to heal the inner self. This is the path to a healthy, actualized Lilith.

Lilith In The 2nd House:

In the second house, Lilith is all about the darker impulses concerning money, possessions, survival, or image. You might be obsessed with one of these things and have trouble seeing the bigger picture.

Much of this fixation comes from fear. To avoid dealing with Lilith in the 2nd house (which usually stems from the idea that you are nothing or have nothing/no security), you try even harder to achieve coisas.

Others rejected you in some way that deeply injured you, and in your mind, the only way to “beat” that rejection (that now lives within you) is to show them how wrong they were. Whether this rejection happened in a past life or in this life doesn’t matter the outcome is the same.

You have a fear of failing, of being left with nothing, or of being no one, but the cause for the fear lives within you. If you truly accepted yourself, you wouldn’t need to live in fear of others seeing what you lack, or think you lack. The path to healing Lilith in the 2nd house is self-acceptance, self-love, and inner child work.

There is nothing wrong with desiring material objects, but everything is good in moderation. When Lilith in the 2nd house gets out of control, she can quickly cause obsession. The goal is to keep Lilith in check while still celebrating her by achieving authentic success that feels right.

Lilith In The 3rd House:

With Lilith in the 3rd house, you went through experiences that created a wound. This was when you were open to the world and before you were guarded, though you now have strong walls up.

This wound was created in childhood and had to do with communication or truth. The incident may have revolved around writing, speaking, social anxiety, learning disabilities, or a disagreement about what’s true and what’s false. You are now guarded around how you communicate.

You might stay silent in social situations, or maybe you mold yourself to what you believe others want to see and hear. In some way, your communication is inauthentic. You sensor yourself due to fear of judgment and even punishment.

The healing path is to begin interacting with the environment in a natural, authentic way, instead of in a way that you think others want you to act.

As you heal Lilith in the 3rd house, you’ll come to learn that we can all have different truths and yet they can all be real. Focus on interacting with nature and with energy rather than just verbally with others. Use the words that you want and speak what comes naturally to you.

Lilith In The 4th House:

If you have Lilith in the 4th house, you’ll find that she manifests the most in early childhood, home life, family, and your relationship with your parents.

Your parents may not have created the issues that Lilith causes, but they probably didn’t know how to handle her within you. Therefore, you either suppressed Lilith because you were taught that showing her is wrong, or you were unable to suppress Lilith and felt that you were rejected because of the Lilith astrology placement.

A lot of times, Lilith in the 4th house has to do with the shame that you feel within yourself, and most especially the self-disgust that you felt as a child. Even though you’re older, these feelings never leave you.

Look to the sign that Lilith is in to see what type of shame you felt and how it manifested. Lilith in the 4th house most especially needs to be healed, because it is carried with you in almost every action until you address it.

Inner child work is crucial to heal Lilith in the 4th house, as is finding love and forgiveness for yourself. This placement in particular may take some time to heal.

Lilith In The 5th House:

With Lilith in the 5th house, you probably had some trauma surrounding your friends and/or peers during childhood. You were shamed for something in youth (the way you played, the way you looked, etc.).

You probably had some Lilith themes in your play as a child, and this was deemed bad or taboo by society, especially other children and their parents. You were told that you were socially inappropriate.

These folks are often flashy, expressive, or futuristic, but it is before their time and so they are rejected by society.

The rejection creates a deep shame that is expressed in one of two ways:

First, you could express your Lilith mais and obsessively show off Lilith qualities to others. The shame makes you angrily flaunt all of the intrinsically good qualities that you feel you have, but you still don’t accept them within vocês. This certainly brings attention to Lilith but it doesn’t heal her within.

Alternatively, you could repress the qualities and try to be “normal.” Sometimes, you might live a double life, while other times you try to pretend that these Lilith in the 5th house qualities don’t exist, even to yourself. Over time, the pressure inside you builds will probably be released all at once in a blow up. You might also feel empty, as though an essential piece of who you are is missing.

Sometimes there are issues with children when you have Lilith in the 5th house. The same qualities that make you an outcast in society can either cause you to not have children or cause issues with your children.

The path to healing Lilith in the 5th house isn’t to show off or to repress Lilith. Instead, the work is to shift the focus off of others and onto the self, even if this isn’t culturally acceptable. Find a way to be your authentic self and feel good about yourself. Focus on you before worrying about others.

If this isn’t possible, then in some cases you might need to leave your family or community to find a place in the world where you can be at peace within yourself. Lilith in the 5th house has many ties to Lilith in the myth who chose to leave Adam and live in exile rather than pretend to be someone she wasn’t.

The path is not really to show others anything. It is to shift the focus off others onto the self and self expression through authentic means, even if it isn’t culturally fit. It is not doing this in a way to stick it to others, but in an authentic version of serving the self.

Lilith In The 6th House:

In the 6th house, Lilith can have a lot to do with mentors, whether this means teachers, parents, friends’ parents, bosses, or other authorities in the position of mentorship. If you have Lilith in the 6th house, the way that you accomplish tasks might not always line up with what your mentors and what society consider to be the “correct” way to do things.

You might have a different way of going about things and are probably scolded for that. This can show up in school, in your professional life, participating in hobbies, etc. The lesson is to honor your own individual way of doing things, even if others don’t appreciate it, and to do what feels right to you.

Alternatively, if this doesn’t fit, then you may have instead adopted a mentality of servitude or slavery in order to survive in the past (whether this means in childhood or in a past life). You get hung up on what you feel you “should” do and have trouble finding your own inner voice when it comes to day-to-day, regular life. You struggle with what other people think and want you to do versus what you feel in your gut.

Similarly, the lesson is to embrace Lilith and focus on what feels right for vocês. Lilith is different and is often an outcast because she followers her heart, and this is what you must learn to do. The Universe will send you small lessons each day to help you build the groundwork to follow your gut instincts rather than the voice of others or of your “conscience.

Lilith In The 7th House:

In the 7th house, Lilith represents all the qualities that you try to suppress. More than any other placement, you might have trouble seeing the qualities of your Lilith astrology sign in yourself.

You look for a partner who does have the qualities of your Lilith astrology since because with Lilith in the 7th house, you don’t know how to express these qualities for yourself. You might see some of the qualities in you, but most are suppressed. There is a part of yourself that you’re not owning and using to its fullest potential.

With Lilith in the 7th house, you’re bound to end up in a relationship that has a lot of the qualities of your Lilith sign and a vague Lilith-like energy. The relationship might be taboo, on-again-off-again, or obsessive.

The key is not to avoid these relationships, but to own your Lilith astrology sign along-with your partner. You attract partners who embody your Lilith sign because they can teach you how to express it you already have everything you need to do so, you just need practice.

At first, this may be difficult and may cause difficult relationships or intense break-ups, but over time these qualities can actually be very beneficial to you.

Lilith In The 8th House:

With Lilith in the 8th house, you experienced some sort of trauma or pain either early in your life or in a past life. This is a very intense placement caused by an extreme wound.

This trauma creates a profound fear. You might feel like you’re always running from fear with Lilith in the 8th house. Your Lilith astrology sign will clarify more about what this fear is and how it was created.

This fear will cause you to control, whether this means you try to control others, your surroundings, or your own mind. You believe that control will stop the fear from existing, but unfortunately this strategy doesn’t work longterm. If you don’t deal with your trauma, the fear will only grow stronger.

Black Moon Lilith in the 8th house is a very transformative placement. Most people with Lilith in the 8th house either transform and transcend or self-destruct.

The lesson is to learn how to trust, not in others, but in the Universe. You only need control when you believe that the Universe doesn’t have your back. Figure out what your fear is and what your trauma is, then look at what you learned from the trauma. Why did the Universe allow this to happen? Everything is always for your highest purpose.

Oddly enough, I find that those with Lilith in the 8th house sometimes have the potential to make money through slightly taboo ways. Be careful of staying on the right side of the law and go with your gut if this happens to fit.

Those with Lilith in the 8th house are super deep people and their relationships have a crazy amount of depth. It’s a wonderful placement if you’re able to transcend and work through the fear to transmit Lilith for good.

Lilith In The 9th House:

If you have Lilith in the 9th house, you think differently about certain topics (religion, philosophy, culture, higher education, sexuality, etc.) but are not able to express yourself in order to fit into society.

Your Lilith makes you feel different because she doesn’t agree with society about something this will reflect more specifically based on what sign your Lilith is.

You may try to conform to society despite your Lilith in the 9th house and hide your differences, or you might flaunt your differences due to insecurity and flaunt your Lilith, but at your core you don’t accept yourself with your differences.

The path to healing is to first figure out where you think differently and why, then work to accept yourself as you are and trust that there is a good reason for these differences.

Lilith In The 10th House:

Lilith in the 10th house is all about your public image. Your public self (meaning even the self you show to acquaintances) carries the energy of Lilith that you feel the need to hide.

You probably want to be accepted by the public but the only way to do that is to suppress Lilith. Your Lilith astrology sign makes you different from others in a key way that might make others uncomfortable, yet Lilith is a part of who you are.

For some people, Lilith in the 10th house can make it difficult to find a long-term career that satisfies them. some individuals will stay with one job for a long time even though it doesn’t make them happy and they will suppress Lilith to do so, while others might jump from job to job, searching for an occupation that feels direito.

It isn’t until you access Lilith when you’ll find peace, both in your career and with your public image. Do you choose to honor yourself and Lilith even if it makes you unpopular, or would you rather do what society believes is right and be approved of?

The key is to recognize that the reactions of others (especially to your Lilith sign) are based on them and their natal charts, not on you or any flaw you feel you possess.

To heal Lilith, commit to knowing yourself just as you are. Learn about your deepest thoughts and work on how you approve of yourself, regardless of what your public image is.

Lilith In The 11th House:

With Lilith in the 11th house, you are continuously rejected from groups in some way, especially at a young age. You have a nagging feeling that you never quite fit in, whether with official organizations or unofficial friend groups.

You think or behave differently then groups in society expect from you. Look to the sign that your Lilith astrology sign is in to determine how these differences present themselves.

With Lilith in the 11th house, you have a deep need to be accepted, even though it almost never happens. You feel a sense of shame that you can’t just seem to fit in.

You may alternate between desperately wanting (and trying) to fit in, and giving up altogether or swearing off groups and friends. You may only express one of these reactions. Regardless, the core feeling is the same.

What you need to realize is that others don’t dislike you because of your Lilith in the 11th house. Instead, they are afraid of the differences that you present. With this Lilith astrology placement, you will realize that the Universe has gifted you a unique set of gifts for a reason.

The path to healing Lilith in the 11th house involves delving into your differences instead of being ashamed by them and figuring out why you are different, then offering your unique gifts to the world.

In the beginning, you are unconsciously drawn to groups who won’t accept you based on your Lilith, but as you work to accept these Lilith qualities in yourself, you will start to find groups of people who accept you for exactly who you are. The trick is that you must first accept yourself.

Lilith In The 12th House:

In the 12th house, Lilith is almost completely hidden from view. Isso significa que either others don’t realize you have any issue with Lilith at all, or you’re completely blocked from expressing Lilith’s qualities.

For example, if you have Lilith in Leo in the 12th house (which would typically mean an attraction to fame and attention), this might be something you feel within yourself but never act on. It’s completely hidden from even people who know you well.

Alternatively, you might be totally blocked from accessing the qualities of the sign. For example, if you have Lilith in Taurus in the 12th house, you might have no ability to acquire things or money, or absolutely no knowledge of how to successfully live in the material world.

Sex with Lilith in the 12th house is usually difficult because the sign is buried so deeply in the unconscious mind. You will probably have trouble understanding the meaning and purpose of sexual activity until you access Lilith and heal her.

Lilith in the 12th house can feel especially wild and uncontrollable. She is quite literally our deepest instinct and is totally hidden in the unconscious mind when she sits in the 12th house.

There is often a deep sense of shame surrounding this Lilith. The reason for this is that you probably really nós estamos made fun of for your Lilith astrology sign at some point, especially when she sits in the 12th. The fear of this Lilith sign is completely valid.

I find that Lilith in the 12th house is usually something that comes from past lives, not only from childhood. It’s a harder placement to heal because it has been with you for so long. Some choose to avoid Lilith or engage in escapist 12th house behaviors, while others choose to heal her.

The way to heal Lilith in the 12th is to connect with the unconscious mind through the body. Our bodies almost always tell us when something is wrong (through sickness, anxiety, sleepiness, etc.) and will be especially telling when your Lilith is acting up. Once you’ve identified that something is off, dig deeper into Lilith and figure out exactly what is causing you shame.

Spending time in nature is another great way to heal Lilith in the 12th house. She can be unbalanced, so grounding and earthing can be a wonderful starting point to delve into Lilith.


The Shadow Side

The darker side to this zodiac combo is that you may have tendencies toward being restless, detached, careless, and even superficial at times. These negative traits likely stem from your innate and tremendous need for freedom—but sometimes that need comes at a cost to others.

Since the sign is more wed to a living truth than an imposed ideology, Sagittarians rarely play the game of being politically correct. And with the Moon as its fallback response, this particular astrological configuration can be quite defensive. As a Sagittarius Moon, you have a fiery comeback when under attack—but it's often a wickedly funny one that may leave your intended target both stinging and laughing at the same time.

Tact is definitely not your strong suit. You're legendary for blurting out what's really on your mind. (Whatever you think of Donald Trump, you know what's on his mind practically the same instant he does—or as long as it takes him to tweet.) Unfortunately, the candor of a Sagittarius Moon often lacks any filter. You have a playful showy delivery that's almost always on the money, even when you're speaking on the fly. However, the consequences of your impromptu observations can actually be devastating, even if you meant no harm by sharing your point of view.